Anotaram a placa do caminhão que me atropelou?

Eu ainda estou tonta com as indicações ao Grammy 2018 – sinceramente, nunca imaginei que a lista final (especificamente o General Field) seria como foi. Deve ser o Big Four mais current e alinhado com as tendências atuais e o landscape musical, além de ter o nome mais surpreendente – pra mim – do ano. Algumas pessoas citaram o Jay-Z em alguns fóruns, mas ele nunca foi um nome forte nas listas finais. A presença dele em Canção/Gravação e Álbum do Ano mexeram completamente com as previsões de muita gente e no caso de AOTY, torna a corrida para o prêmio a mais improvável dos últimos anos.

Porque eu não sei mais se o Kendrick Lamar está tão garantido assim com a vitória.

Aparentemente a bancada ouviu as reclamações dos últimos anos e deram espaço a acts negros e latinos no Big Four. Temos em AOTY três negros e um latino; em Record, três negros e três latinos; e entre os últimos, quatro em Canção (Julia Michaels tem origem mexicana). Os indicados em artista revelação também apresentam essa diversidade. É importante ressaltar que o espaço dado às minorias no Grammy, mesmo que pareça (e tem jeito de) “ato de bondade” (mesmo que saibamos que é uma cortina de fumaça para ano que vem voltar a ser “tudo a mesma coisa”), e sim reconhecimento de quem realmente movimenta e lança trends no mercado musical. Quem realmente domina o mainstream e deveria receber mais crédito.

Para a 60ª edição do Grammy, a promessa é de mais surpresas do que eu pensava – se eu achava que a noite seria dispersa com vários prêmios espalhados para artistas distintos, agora acho que se bobear, vai ter gente saindo com um prêmio cada (ou pelo menos um artista dominando seu field). Surpresas como a indicação de “Despacito” em Gravação E Canção; as indicações recebidas pela Kesha (lembra-se de que eu achava que ela só teria chance em Pop Solo – e conquistou uma indicação merecida, maravilhosa, por Álbum Pop?); o Grammy mostrar algum amor pela Lana del Rey; as indicações pro Childish Gambino (Donald Glover), coroando um ano maravilhoso para o rapaz, que já em tem casa Globo de Ouro e Emmy. Será que rola Grammy no caminho?

Entre surpresas e indicações até óbvias (Lady Gaga no pop field, as indicações do K-Dot e do Bruno Mars, até mesmo a indicação dos Imagine Dragons), a esnobada que talvez seja a mais dolorida foi a do Ed Sheeran. Para muitos (eu mesma!) era lock em Record, tinha chances altas de levar prêmio e era o rival perfeito do “DAMN.”, mas a Academia simplesmente restringiu o medíocre “÷” nas categorias onde ele deve estar, pelo apelo comercial e abrangência pop, no field pop. E sinceramente? Não duvido nada de que o ruivo saia de mãos vazias da premiação. A categoria em que ele está se tornou forte demais.

Já a Lorde, podemos desconfiar do objetivo do Grammy em relação a essa indicação solitária para Álbum do Ano. Acredito que ela pode não ter conseguido os votos suficientes para fazer o corte final no Pop Field, mas os votantes do General Field “empurraram” a indicação da neozelandeza em AOTY por objetivos políticos – para que a lineup não fosse totalmente masculina. Lorde é uma artista com aclamação da crítica, ninguém acharia estranho. Só que soa pouco sutil a única mulher indicada a Álbum do Ano ser branca. Como se fosse uma “safe choice” caso os votos se dividam.

Dadas essas considerações (e perguntas para queimar sua mente), vamos acompanhar calmamente essa campanha do Grammy, mas a corrida do Big Four vai ser surpreendente. Vai depender muito dos fields e dos gostos dos votantes (e da política, claro). Aposto que eles vão encontrar uma solução safe, mas edgy, pra ninguém ficar chateado.

Agora é hora de conferir os indicados ao Grammy 2018!

RECORD OF THE YEAR
Redbone – Childish Gambino
Despacito – Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber
The Story Of O.J. – JAY-Z
HUMBLE. – Kendrick Lamar
24K Magic – Bruno Mars

 

ALBUM OF THE YEAR
“Awaken, My Love!” – Childish Gambino
4:44 – JAY-Z
DAMN. – Kendrick Lamar
Melodrama – Lorde
24K Magic – Bruno Mars

 

SONG OF THE YEAR
Despacito – Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber
4:44 – JAY-Z
Issues – Julia Michaels
1-800-273-8255 – Logic feat. Alessia Cara
That’s What I Like – Bruno Mars

 

BEST NEW ARTIST
Alessia Cara
Khalid
Lil Uzi Vert
Julia Michaels
SZA

 

BEST POP SOLO PERFORMANCE
“Love So Soft” – Kelly Clarkson
“Praying” – Kesha
“Million Reasons” – Lady Gaga
“What About Us” – P!nk
“Shape Of You” – Ed Sheeran

 

BEST POP DUO/GROUP PERFORMANCE
“Something Just Like This” – The Chainsmokers & Coldplay
“Despacito” – Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber
“Thunder” – Imagine Dragons
“Feel It Still” – Portugal. The Man
“Stay” – Zedd feat. Alessia Cara

 

BEST POP VOCAL ALBUM
“Kaleidoscope EP” — Coldplay
“Lust for Life” — Lana Del Rey
“Evolve” — Imagine Dragons
“Rainbow” — Kesha
“Joanne” — Lady Gaga
“÷” — Ed Sheeran

 

BEST DANCE RECORDING
Bambro Koyo Ganda – Bonobo Featuring Innov Gnawa
Cola – Camelphat & Elderbrook
Andromeda – Gorillaz Featuring DRAM
Tonite – LCD Soundsystem
Line Of Sight – Odesza Featuring WYNNE & Mansionair

 

BEST DANCE/ELECTRONIC ALBUM
“Migration” — Bonobo
“3-D the Catalogue” — Kraftwerk
“Mura Masa” — Mura Masa
“A Moment Apart” — Odesza
“What Now” — Sylvan Esso

 

BEST URBAN CONTEMPORARY ALBUM
“Free 6lack” — 6lack
“Awaken, My Love!” — Childish Gambino
“American Teen” — Khalid
“CTRL” — SZA
“Starboy” — The Weeknd

 

BEST R&B ALBUM
Freudian – Daniel Caesar
Let Love Rule – Ledisi
24K Magic – Bruno Mars
Gumbo – PJ Morton
Feel The Real – Musiq Soulchild

 

BEST RAP PERFORMANCE
“Bounce Back” — Big Sean
“Bodak Yellow” — Cardi B
“4:44” — Jay-Z
“HUMBLE.” — Kendrick Lamar
“Bad and Boujee” — Migos featuring Lil Uzi Vert

 

BEST RAP ALBUM
“4:44” — Jay-Z
“DAMN.” — Kendrick Lamar
“Culture” — Migos
“Laila’s Wisdom” — Rapsody
“Flower Boy” — Tyler, the Creator

 

BEST LATIN POP ALBUM
“Lo Único Constante” — Alex Cuba
“Mis Planes Son Amarte” — Juanes
“Amar y Vivir en Vivo Desde la Ciudad de México, 2017” — La Santa Cecilia
“Musas (Un Homenaje al Folclore Latinoamericano en Manos de los Macorinos)” — Natalia Lafourcade
“El Dorado” — Shakira

 

BEST LATIN ROCK, URBAN OR ALTERNATIVE ALBUM
“Ayo” — Bomba Estéreo
“Pa’ Fuera” — C4 Trío and Desorden Público
“Salvavidas de Hielo” — Jorge Drexler
“El Paradise” — Los Amigos Invisibles
“Residente” — Residente

 

BEST SONG WRITTEN FOR VISUAL MEDIA
City Of Stars – Justin Hurwitz
How Far I’ll Go – Lin-Manuel Miranda
I Don’t Wanna Live Forever (Fifty Shades Darker) – Jack Antonoff
Never Give Up – Sia Furler & Greg Kurstin
Stand Up For Something – Common & Diane Warren

 

BEST MUSIC VIDEO
Up All Night – Beck
Makeba – JAIN
The Story Of O.J. – JAY-Z
HUMBLE. – Kendrick Lamar
1-800-273-8255 – Logic feat. Alessia Cara

Vamos começar as análises dos indicados ao Grammy com uma categoria que se tornou de cara a mais excitante dos últimos anos – Pop Solo Performance. Habemus competição!

(e sobre as análises de indicados a Álbum do Ano, tem uma novidade chegando por aí, que não vou contar até que apareça aqui no blog… Fique de olho)

Anúncios

10 comentários sobre “Anotaram a placa do caminhão que me atropelou?

  1. Jay-Z cuidado com as dividas em, vai acabar tendo que devolver o grammy igual o M&V só que no seu caso por falta de pagamento.

    Mariii, que indicações mais sla.
    o que achou das indicações da Kelly e Pink, gosto delas mas não concordei muito, tinha gente melhor que ficou de fora. Acho até que o Grammy está jogando no seguro esse ano. Mas olha.. que premiação pra gostar de Kelly viu.

    Parabéns Alessia Cara, todas indicações super merecidas (finge que Stay não ta ai) sobre as outras indicações…

    • Gente as piadas com o Jay-Z hahaha
      Enfim, no pop field eu não entendi bem a indicação da Pink e a esnobada da Lorde; porque eu garantia ela no Pop Solo. Acho que os votantes pop realmente não acham ela pop o suficiente pra estar aqui, sei lá… e eu disse que a Kelly é querida, eu nem me surpreendi.

      Já as outras indicações no geral, são o Grammy tentando ser woke, mas especificamente em AOTY, a jogada deles vai dar uma merda federal. Na verdade, eu tô começando a pensar em três cenários
      1. o que todo mundo quer
      2. o que vai dar merda
      3. o que vai sair no seguro

      • Esse Grammy vai acabar tipo “Deu merda mas…, obg aos envolvidos, até ano que vem ”

        Acho que tudo me parece que a bancada sabe que ano que vem tem Taylor, Eminem, Pink, Ariana e Justin Timberlake. O que significa muita gente branca, e tendo em vista que até a presente data eu acho que o ‘Album of the year’ do grammy 2019 infelizmente é da Taylor. Então até que da pra entender o que ta acontecendo.

        • Taí o meu medo – tipo o que houve no Oscar este ano: de tanto geral reclamar (de forma justa) que a Academia ignorava atuações e realizadores não-brancos, este ano tivemos vários indicados e vencedores negros e de outras minorias. Quando vc olha os indicados pro próximo Oscar, o que vemos? A maioria absoluta de brancos.

          Não adianta nada acenar pra diversidade se você faz isso este ano e ano que vem volta tudo como era antes. Os indicados são reflexo claro e indistinto do que houve no ano? Cara, evidente que sim – o ano foi urban e hip hop. Teve injustiça aí? Teve, o que a Lorde não tá fazendo nas pops? Tem indicação louca? Jay-Z com esse álbum que ninguém ouviu – e que pode tirar a vitória do Kendrick que sem o Ed me parecia bem certa…

  2. Marina…. uau uau!

    JAY-Z, o cheque caiu, né?

    Muito feliz pelas indicações de Kelly, Kesha e Alessia

    MINHA LANA FOI FINALMENTE RECONHECIDA. Será que tem chances? Seria legal ver ela com uma estatueta na mão.

    Sobre a Katy… ARTPOP feelings, rs.

    Bjs

    • Eu ainda tô tentando entender o Jay-Z juro hahah a teoria pra mim é que se trata de uma indicação “de legado” especialmente porque este ano ele ganha um desss Grammys honorários, então… Eu até engulo a indicação a AOTY, mas Gravação e Canção??

      E tô bem feliz pela indicação da Lana. Não vejo com chances, mas ser lembrada é sempre bacana.

      Sobre a Kelly, eu disse… Nunca subestimem, a Academia tem um amor absurdo por ela.

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s