Design de um top 10 [28] Justin is not sorry

Banner-Design-de-um-Top-10

O trono do Hot 100 mudou de mãos, desta vez para mãos masculinas e canadenses! Depois de muito tempo amargando a segunda posição, finalmente Justin Bieber tirou Adele do topo com “Sorry”. Foram oito semanas, sete delas consecutivas, na vice liderança do chart; mas o bad boy do pop chegou ao primeiro lugar na hora certa – Bieber já vinha tirando a diferença de Adele nos charts das plataformas, e “Hello” já tinha perdido a primazia no iTunes. Além disso, os charts de stream – que apoiam demais o Bieber – estão mantendo o rapaz no topo, especialmente com o terceiro single do álbum, “Love Yourself”.

Top 10 Billboard Hot 100 (23.01.2016)

#1 Justin Bieber Sorry
#2 Adele Hello
#3 Justin Bieber Love Yourself
#4 Drake Hotline Bling
#5 twenty one pilots Stressed Out
#6 Selena Gomez Same Old Love
#7 Shawn Mendes Stitches
#8 Justin Bieber What Do You Mean?
#9 Alessia Cara Here
#10 Meghan Trainor Like I’m Gonna Lose You feat. John Legend

Justin Bieber GIF

 

Repetindo o mantra do ano passado: “se não fosse a Adele, o comeback do ano seria o do Bieber”. E mesmo com as polêmicas e a já maçantes referências à ex Selena Gomez em entrevistas (supere!), o fato é que Justin trouxe um trabalho consistente, que recebe apoio do público-alvo dele e de outros perfis de ouvintes. Aos poucos, aquele ranço de “teen” parece estar passando – o público comprou o novo Justin e suas músicas.

“Sorry” é o segundo #1 do cantor, após “What Do You Mean?”, e se mantém em primeiro nos charts de streaming (no Spotify, é “Love Yourself” quem está na dianteira), assim como o segundo lugar nos charts de rádio (Adele ainda tem muito poder nesse formato, mesmo com “Hello” em decadência), e caiu para o terceiro lugar nos charts de música digital – mas aí não há muito problema porque quem está em primeiro é justamente LY. Ou seja, está tudo em casa. E aparentemente, as possibilidades do terceiro single do “Purpose” chegar em #1 são grandes. Não duvido de que Bieber se autosubstitua no topo.

twenty one pilots gifJá o twenty one pilots está numa espiral crescente e quase um foguete. Se na semana passada o duo de rock subiu quatro posições e chegou ao nono lugar na Billboard, a faixa “Stressed Out” já é top 5. Em crescente notável, enquanto faixas mais antigas como “What Do You Mean”, “Stitches” e “Hotline Bling” já se despedem das primeiras posições, o hino dos adultos está em quarto lugar no digital, décimo primeiro na rádio e deu um pulo para o #11 nos charts de streaming (no chart diário do Spotify está em quarto). A música, que continua liderando os charts de rock pela terceira semana, só tem a subir. Só não cravo um #1 porque “Love Yourself” está numa trajetória de hit (#1 no Digital, #4 no Streaming e #12 nas Rádios. Não diga que não avisei quando Bieber for destronado por ele mesmo no hot 100).

E por falar em hits, por que não abrir espaço para duas adições que prometi volta e meia aparecerem aqui? Uma delas é o “Essa é flop?” – um destaque para aquela música que prometeu muito mas não alcançou o sucesso. Foco nela!

“Focus” tinha jeito de hit, cheiro de hit, tudo pronto para ser mais um sucesso na conta da Ariana Grande. Mas o raio não cai duas vezes no mesmo lugar, e reciclar “Problem” tão pouco tempo depois do lançamento da faixa, sem contar o pouco descanso após o infame Donutgate foi bem ruim para Arianinha. Mesmo estreando em sétimo lugar na Billboard, o timing acabou sendo ruim pra moça – lançado na mesma semana do Adele Event, passou em branco pelos charts, caindo pelas tabelas, sem contar o próprio desinteresse do grande público em relação a esse material. Agora, a faixa (que chegou a ser performada num award de impacto, o American Music Awards), está por aí na 50º posição e Ariana vai mudar até o nome do CD (que ia se chamar “Moonlight”). Scooter Braun deve estar em polvorosa!

A outra faixa é a “#cheirinhodehit”: trata-se da faixa que ainda não chegou ao top 10 da Billboard, mas tem chances de fazer parte desse seleto grupo. Esta música em específico vai ter que remar muito, mas pode ser que se torne aquele sleeper hit que todo mundo ama. Lutar, ela sabe bem:

“Stand By You” é da mesma turminha de música com batidinha marcada – como a própria “Fight Song”, e outras canções me vieram à mente (como “Love Me Like You Do” nos primeiros acordes). É curioso como Rachel Platten consegue ser confortável nesse nicho mais pop adulto e a música funciona bem com o vocal dela, que tem personalidade, não dá pra confundir no meio da multidão. É um caminho bacana, que traz uma fatia de público fiel, que sempre vai comprar seus álbuns, a menos que você mude o estilo do nada. E a música é bem legal, sem contar com o vídeo simples e efetivo, que me deixou bem contente assistindo. A música subiu muito² nesta semana, pulando de #50 para #38, e apesar do desempenho tímido no Spotify (ainda), a música já cresce com certa consistência nas rádios e está em #15 no iTunes (tire as faixas do David Bowie que estão no top 10 a mulher fica em décimo primeiro, ou seja). Acho que pode até demorar (já que as views do Youtube também são poucas), mas “Stand By You” pode ser mais um hit na conta dessa artista que chegou como quem não quer nada.

E você, o que achou das movimentações do Hot 100 esta semana? Deixe sua resposta nos comentários!

Com informações do site billboard.com

 

Anúncios

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s