Problem com anabolizantes: “Focus”, Ariana Grande

Cover Ariana Grande FocusAriana Grande é uma das artistas com mais abrangência com o público jovem atualmente. Já distante de seus dias de Nickelodeon, a cantora e atriz possui uma base de fãs fiéis, capaz de colocar a moça em primeiro lugar no chart digital com seus singles e fazê-la vender uma quantidade interessante de álbuns em era de stream (exceto Adele, porque Adele é um furacão). E para manter o nome quente, sempre em evidência, num pop em que artistas aparecem e somem num estalar de dedos, lançar trabalhos de forma sequenciada é importante. Rihanna se notabilizou por todo novembro lançar algo novo; durante anos, Mariah Carey lançou CD todo ano. E com a Ariana, não é diferente.

Especialmente após o infame episódio do “Donutgate”, em que ela foi flagrada por câmeras de segurança lambendo em doces que ela não havia comprado, foi necessário por parte dela e do empresário da moça, Scooter Braun, realizar um gerenciamento de crise para manter a imagem fofa dela. E qual a melhor forma de fazer isso com música?

Como Ariana já estava começando o processo de produção e composição de seu novo álbum, “Moonlight”, era óbvio que o single seria lançado após um tempo em banho Maria e a famosa “limpeza de imagem”. Para aproveitar as vendas do final do ano e óbvio buzz no público teen, Ariana fez um countdown para lançar o novo single, “Focus“, para ampliar a expectativa (apesar da Adele), e para aproveitar os streams + vendas digitais (mesmo em franca decadência, apesar de… ah, deixa pra lá), a equipe lançou single e vídeo no mesmo dia.

O resultado? O melhor vídeo da Ariana para uma música que poderia ser um nível acima do que ela tinha apresentado com “Problem”.

Não dá pra dizer que estamos falando de uma música sem potencial de hitar. “Focus” é composta pela própria Ariana em parceria com Savan Kotecha, Ilya e Peter Svensson, que já tinham trabalhado com ela em “My Everything” e estão por trás de alguns dos hits da cantora, além da produção do Ilya e do indefectível Max Martin. Além disso, com uma vibe bem up, pop com uma pegada R&B leve e alguns sintetizadores no pré-refrão, a música explode num break com um vocal rapper chamando “focus on me” entremeado por um naipe de metais que nunca deixa a canção perder o ritmo.

Tirando os sintetizadores, o rapper quase chamando a Ari e a ausência de um featuring, eu poderia jurar que estava ouvindo “Problem”, lead-single do segundo álbum. A estrutura das duas músicas, tanto no sentido de produção quanto em ritmo e uso dos instrumentos, é extremamente parecida. Mas enquanto “Problem” era uma novidade – tudo naquela faixa era fresh, renovado, trendsetter, com uma rapper em ascensão e uma artista finalmente se apresentando ao grande público, aqui parece comida requentada, ou figurinha repetida. Nem sempre a ideia de “em time que está ganhando não se mexe” funciona, especialmente em se tratando de música pop. Decepcionante para quem mostrou evolução e inteligência do “Yours Truly” para o “My Everything”, conseguindo um som mais pop mas sem perder sua identidade mais R&B.

Já o vídeo, dirigido por Hannah Davies (com quem Ariana já trabalhou em “Love Me Harder”) tem uma curiosa paleta de cores meio fria (entre azul, um violeta meio rosa e violeta), com um break em preto e branco que torna o vídeo visualmente interessante. O ar futurista e “clean” lembra muito os vídeos do fim dos anos 90/início dos 2000 no pop, onde os vídeos eram situados num futuro sempre em formato redondo e “limpo”, “chapado”, sem relevos – mantendo aquele ar vintage pelo qual a Ari já era conhecida desde o primeiro álbum – aquela artista dos anos 2010 que rende homenagens à sua infância – os 90’s, 2000’s, mas sem soar datada. O cabelo azul quase branco, às vezes rosa bem claro, até funcionou no rosto já de boneca da Ariana, mas o que me incomodou mesmo foi o fato dela, que possui um rosto muito juvenil, aparecer sensualizando sem parar o vídeo todo.

Como ponto positivo, pela primeira vez a Ariana aparece mais confortável num vídeo, dublando com mais confiança.

Nos charts, se descontarmos VOCÊ-SABE-QUEM, a Ari tem fortes chances de conseguir um top 3. A música tem cara de hit, um grande potencial, os fãs vão comprar a faixa sem parar no iTunes (neste momento ocupa a honrosa segunda posição) e será uma das faixas mais ouvidas nos serviços de stream. Além disso, Ariana lançou num bom momento: final do ano, boas vendas e premiações relevantes à vista para a faixa ser performada. E lembrando que como a equipe da moça não brinca em serviço, veremos a Ari performando “Focus” até na lojinha de donuts mais próxima.

Ariana-Grande-Focus video

Pena que a serviço de uma música tão aquém das possibilidades da moça…

Anúncios

Um comentário sobre “Problem com anabolizantes: “Focus”, Ariana Grande

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s