Vai bombar em seu celular [2]: Tinashe e Ella Henderson

Finalmente vou cumprir uma de minhas promessas mais repetidas desde que iniciei este blog, há um ano: falar da Tinashe!

Mas essa linda não vem sozinha em mais um “Vai bombar em seu celular” – a seção que eu criei no blog para falar daqueles artistas que estão aí, rondando o mundo pop, seja com álbuns ou featurings, mas se ainda não receberam aquele empurrãozinho para aparecerem, falta isso aqui para que o mainstream o abrace de uma vez. Além da nova princesa do R&B, hoje também vamos falar de uma power vocalist vinda da terra da rainha, em mais uma invasão britânica: Ella Henderson.

Tinashe1. Tinashe

Tinashe Jørgensen Kachingwe tem 22 anos e quem já acompanha a popsfera deve ter pirado quando a moça, ano passado, lançou uma faixa cheia de swag e balanço, “2 On”. A música não chegou ao primeiro lugar das paradas – tampouco um top 10 no Hot 100 (o peak foi de #24, mas nos charts de R&B/hip hop a música chegou à quinta posição), o que colocou os olhos de parte do público e da crítica para o trabalho da moça, que já tinha participado de uma girl band na adolescência, The Stunners, e tinha lançado duas mixtapes antes do álbum debut, “Aquarius”, lançado em Outubro de 2014 com resenhas bem elogiosas de publicações respeitadas como a Pitchfork e a NME.

O álbum, “Aquarius”, é um achado. Com uma ambientação bem especial e uma identidade fortíssima para um debut de uma artista nova, tem toda uma atmosfera sensual, com letras bem diretas e uma musicalidade que remete à Janet Jackson, uma voz doce e aveludada que oscila entre uma Ciara com mais potência e uma imagem visual que me lembra muito a Aaliyah.

Apesar do álbum excelente e das boas escolhas para singles, Tinashe é mais conhecida do público consumidor de urban e dos ouvintes de pop que curtiram “2 On” e foram atrás da moça depois. Eu até pensei que com o remix de “Jealous”, do Nick Jonas, que conta com vocais dela, que seria um grande estouro, mas acho que o caminho para o sucesso da Tinashe está em mesclar a qualidade do material que ela apresentou em “Aquarius” com faixas igualmente interessantes para serem singles e que possam colocar o nome dela na boca do grande público. Por que se com uma música só teve burburinho em relação à moça (que chegou a se apresentar no BET Awards ano passado), imagine se a faixa for lançada em pleno verão, com uma batida viciante e um clipe que possa viralizar?

 

Ella Henderson2. Ella Henderson

A outra moça que merece a sua atenção é uma jovem de 19 anos vinda da Inglaterra. Gabriella Michelle Henderson, ou Ella Henderson, participou da edição de 2012 do X-Factor britânico, mas não chegou a vencer o reality show. Dois anos depois, a moça retorna com o debut, “Chapter One”, estreando em primeiro lugar no chart da Grã-Bretanha e colocando o lead-single em primeiro lugar por lá.

Aliás, “Ghost” – co-escrita por Ryan Tedder, o rei das obviedades – não difere muito em estilo de outros trabalhos do líder do OneRepublic, mas tem uma letra forte e uma batida empolgante, bem adequada para a voz poderosa, mesmo jovem ainda, da britânica. O que é legal na voz da Ella é que ela não chega com um vocal parecido com A ou B, tem uma identidade muito própria – não tão madura, mas também não tão juvenil.

“Ghost” ainda apareceu nos charts americanos, chegando até a 21ª posição na Billboard (e com subidas surpreendentes no iTunes); enquanto os singles seguintes “Glow”, a lindíssima “Yours” e “Mirror Man” não chartearam nos Estados Unidos, enquanto tiveram bons desempenhos na terra natal da moça. É claro que mesmo com todo o praise, quem acompanha o pop britânico sabe que do mesmo jeito que eles elevam os artistas novos ao céu, também podem colocar lá embaixo com um segundo trabalho que não seja satisfatório; mesmo assim, é sempre bom ouvir um álbum de pop puro, de produção simples, que tem pegada Adult Contemporary e é muito gostosinho de escutar – justamente aquele CD que, durante a audição, você vai gostando, se apegando, se identificando com alguma letra e quando vê, já está apaixonado.

Vale a pena torcer por essa moça.


E você, já conhecia o trabalho das duas? Deixe sua opinião sobre Tinashe e Ella nos comentários!

Anúncios

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s