Guia Básico de Não Ser Uma One Hit Wonder – estrelando Meghan Trainor

Meghan TrainorMeghan Trainor surgiu como um furacão no finalzinho do verão americano com seu hit viral “All About That Bass”, uma mistura fofa de pop e doo-wop com uma letra de autoafirmação das gordinhas que gerou polêmica e colocou os olhos de crítica e público sobre o que a loirinha ia fazer após o sucesso da faixa, que passou oito semanas em primeiro lugar na Billboard, destronando a “mulher do ano” Taylor Swift.

Para mostrar que Meghan não é apenas um hit de verão, a Epic decidiu adiantar logo o lançamento do primeiro álbum, chamado “Title” (inicialmente, a jovem só lançaria um EP, também chamado “Title” – que aliás, foi lançado – e bem depois eles lidariam com um futuro debut) e investir no segundo single, a grudenta “Lips Are Movin'”.

Espertamente, Meghan e sua equipe estão acertando em tudo num guia básico de “Como Não Ser Uma One Hit Wonder” e não virar apenas motivo de riso num flashback futuro. (take notes, Carly Rae Jepsen!)

1. Segundo single bem catchy e de estrutura parecida com o grande sucesso.

“Lips Are Movin”” é igualzinho a “All About That Bass”. Se as letras não são iguais, a estrutura é extremamente similar – LAM é mais rápida. Se a melodia não é tão parecida, o fato das duas batidas se assemelharem já deixa nos ouvidos do público a sensação de familiaridade – mesmo que alguns digam “putz, mas a música é igualzinha, que falta de criatividade!”. As duas músicas tem até raps! Eu até entendo a crítica, mas às vezes, quando você é um hit de verão, precisa jogar com as cartas que tem. E ao menos “Lips Are Movin” é uma boa música.

2. Um clipe similar ao de estreia, mas com uma “marca”

Você já sabe o que esperar de Meghan Trainor: uma música pop catchy, com influências retrô – tanto no som (soul, doo-wop), bom humor e figurino vintage. Por que não repetir a dose nos clipes? Se o primeiro vídeo tinha tudo isso, o segundo tem a mesma pegada retrô e divertida – o clipe de “Lips Are Movin” é o making of de um clipe, com direito à arrumação dos cenários e cenas dentro das cenas. Se parece com “All About That Bass”, mas como eu já disse aqui, semelhança traz familiaridade com o público. E o clipe tem mó cara de que também vai viralizar.

Confira aqui (o vídeo não pode ser incorporado, então basta clicar na imagem)

Meghan Trainor Lips Are Movin video

3. Bom timing

O vídeo de LAM foi lançado hoje, num momento em que a faixa cresce muito no iTunes (está atualmente em décimo-oitavo lugar) e tem boas subidas nas rádios. A faixa até demorou um pouco pra emplacar, mas agora acho que tem chance de estourar, principalmente porque o clipe promete ter boas visualizações no Youtube (que contam para a Billboard como stream). Se a equipe de Meghan conseguir ainda um espacinho no American Music Awards ou no show dos indicados ao Grammy, a faixa vai para as cabeças.

E você, o que acha de “Lips Are Movin”, tanto música quanto clipe?

Anúncios

Um comentário sobre “Guia Básico de Não Ser Uma One Hit Wonder – estrelando Meghan Trainor

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s