Um problema bem sessentista e divisivo – Ariana Grande feat. Iggy Azalea, “Problem”

Ariana Grande Problem Video

Nesta sexta-feira, fãs e não-fãs da Ariana Grande acompanharam o lançamento do clipe “Problem”, lead single do novo CD ainda sem título, parceria com a rapper Iggy Azalea, e teve muita gente que não gostou do vídeo – choveram críticas à edição, ao cenário, ao rabo-de-cavalo da Ariana que nunca muda, à pouca presença da Iggy no single, à produção pobre e à semelhança quase idêntica do clipe com as performances live da música.

Bem, existem coisas aqui que devem ser criticadas, e outras que devem ser levadas em consideração de forma positiva. Primeiro, hora de ver o clipe (ou rever):

Agora, a análise: o fato é que, vendo em retrospectiva, os clipes da Ariana Grande realmente não são famosos pela super produção. “The Way” era quase amador, enquanto “Baby I” e “Right There” tiveram mais orçamento – mesmo assim, pouco em comparação a vídeos de outras estrelas teen. Não era pra se esperar uma superprodução, e pelas imagens e teasers que ela já tinha mostrado no instagram, era de se imaginar um vídeo 60’s inspired, de acordo com as apresentações dela ao vivo desde que o single foi lançado (e até mesmo as primeiras fotos promocionais da Ariana). Nesse caso, eu gostei do vídeo porque realmente manteve a identidade que ela mostrou em todas as apresentações desde o lançamento de “Problem”. Como esse ar vintage sempre me atrai, gostei mesmo. Ficou um mix de Austin Powers meets filme do James Bond meets live perdido nos anos 60. E a Ariana combina bem com esse estilo retrô (eu não consigo imaginá-la num clipe moderninho), com essa inocência que ela sempre passa, mesmo quando tenta soar adulta e madura.

A participação da Iggy ficou bacana, mas o que eu gostei mesmo foi da boca do Big Sean sussurrando “I got one less problem without ya” e acho que deveria ter mais cenas dele, de preferência de corpo inteiro (e sem camisa hahahaha).

Já o que eu não gostei vem da própria atitude da Ariana no vídeo. Não dá exigir que ela rebole até o chão, mas a garota parecia realmente desconfortável no vídeo, dançando e fazendo caras e bocas que nada condiziam com a coreografia – e pior, o rosto dela não expressava absolutamente nada do que cantava. E ela ainda tem problemas sérios com a dublagem – Ariana dublava os agudos como se estivesse listando o que ia comprar no mercado, e não como quem interpretasse a canção (e a gente sabe que, ao vivo, ela tem essa capacidade). Isso incomoda quando você é a figura principal de um clipe.

Entre prós e contras, acho que Ariana Grande e seu “Problem” passam raspando no teste. A fã-base da moça é grande, e vai fazer com que o clipe cresça muito em visualizações no Youtube, e a música é boa o suficiente pra prosseguir sua busca pelo primeiro na Billboard, mesmo que o clipe não venha a apoiar essa música da forma como se espera de um vídeo.

Anúncios

Um comentário sobre “Um problema bem sessentista e divisivo – Ariana Grande feat. Iggy Azalea, “Problem”

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s