Design de um top 10 [4] adiós “Happy”, hola “All of Me”

Após dez semanas de reinado, finalmente destronaram “Happy”! O detentor do #1 agora é John Legend, com a balada piano-driven “All of Me”, apenas a terceira música voz-e-piano a chegar ao primeiro lugar na Billboard em toda a sua história (as outras duas foram o tema-de-novela-1 “Someone Like You”, da Adele, e o tema-de-novela-2 “When I Was Your Man”, do Bruno Mars) e com uma das trajetórias mais longas até o topo. Foi o triunfo da persistência e talvez, um adeus do frio invernal para abrir alas ao verão e às músicas mais catchy do ano (que já estão construindo sua moradia no top 10).

É hora de conferir mais um “Design de um top 10” destacando essas três canções.

Top 10 Billboard Hot 100 (14/05/2014)

#1  John Legend – All Of Me
#2  Pharrell Williams – Happy
#3 Ariana Grande – Problem (feat. Iggy Azalea)
#4 Iggy Azalea ft. Charli XCX- Fancy
#5 Katy Perry – Dark Horse (feat. Juicy J)
#6 Jason Derulo – Talk Dirty (feat. 2 Chainz)
#7 DJ Snake & Lil Jon – Turn Down For What
#8 Justin Timberlake – Not A Bad Thing
#9 Idina Menzel – Let It Go
#10 Bastille – Pompeii

 

John LegendPrimeiro, kudos maravilhosos a John Legend com seu primeiro #1 no Hot 100. Além do debut bem-vindo, a trajetória dessa música foi longa, assim como a trajetória do soulman até o topo do principal chart mundial. Desde sua primeira aparição nas paradas, em 2004, foram dez anos até “All of Me” chegar ao primeiro lugar (sim, DEZ anos!). É a espera mais longa por um #1 desde Snoop Dogg em 2004, após esperar dez anos e dez meses. Além desse feito, Legend e sua baladinha demoraram 30 semanas até chegar ao primeiro lugar. É a terceira subida mais longa na Billboard Hot 100 – as duas subidas mais persistentes foram as de “Macarena”, do Los Del Rio, com 33 semanas, e “Amazed”, do Lonestar, com 31 semanas. Paciência é seu nome!

É uma despedida bonita desse período tão particular do ano, sempre composto por músicas mais midtempo, mas que foi dominado completamente por uma feelgood song – “Happy” – e que agora, pede passagem para uma das canções mais bonitas de 2013, mas que teve seu valor reconhecido agora, na primeira metade do ano, graças principalmente à performance do John Legend no Grammy.

 

Eu não sei se você se lembra do meu último “Design de um top 10”, quando na análise do single do Justin Timberlake, comentei que Iggy Azaleadeveria prestar atenção em “Fancy“, música da Iggy Azalea com featuring da Charli XCX, que tinha grandes chances de hitar. Pois bem, olha quem está na quarta posição? Graças a um dos melhores clipes do ano, aparições e performances nos lugares certos e uma música extremamente comercial, o single da rapper australiana está bombando tanto no iTunes, onde está na segunda colocação, tentando tomar o primeiro lugar; e nas rádios, cuja audiência vem subindo muito e constantemente. A música merece – é um pop/urban/hip hop para neófitos e patricinhas com forte apelo popular, pegadinha noventista e um clipe baseado num dos filmes mais marcantes de uma geração, “As Patricinhas de Beverly Hills”, com potencial de viralizar. E nos tempos do streaming, viralizar é tudo.

E a novata Iggy Azalea tem muito o que comemorar: os seus dois primeiros hits estão simultaneamente no top 10 da Billboard, repetindo o feito de Ashanti em 2002, como featuring em “Always on Time” do Ja Rule, e “What’s Luv”, do Fat Joe. A outra recordista é Dee Dee Sharp em 1962, com “Slow Twistin’ “(com Chubby Checker) e a música “Mashed Potato Time”. Mas qual é o outro hit da Iggy que colaborou para o recorde?

 

Ariana GrandeÉ ela mesma: Ariana Grande e a estreia mais explosiva do ano até agora, com “Problem“, que debutou em terceiro lugar no Hot 100. O lead single do novo álbum da mocinha poderia até ter estreado em primeiro, mas perdeu por uma porcentagem mínima em relação a “All of Me”. O batidão urban/R&B com a participação da outra mulher do momento, Iggy Azalea, é detentor de mais recordes: single com mais rápida subida até o primeiro (37 minutos), quarto melhor lançamento digital feminino da história (438 mil cópias vendidas) e o oitavo maior de todos os tempos desde o início da era digital; e ainda é o mais alto debut numa colaboração entre duas cantoras, superando o 13º lugar da Madonna com Nicki Minaj e M.I.A com “Give Me All Your Luvin” em 2012. Ah sim, e pra completar, superou o melhor peak da própria Ariana, que foi com “The Way”, ano passado.

A música começou há pouco tempo sua trajetória nas rádios e charts digitais, mas a faixa (que é um dos lançamentos pop mais fortes deste ano) foi abraçada pelas rádios, registrando subidas sensacionais – dignas de um hit massivo de uma artista experiente – além de não dar espaço para os amigos no topo do iTunes. O topo do Hot 100? Parece mais uma questão de tempo.

 

E aí, qual a sua opinião sobre o Top 10 desta semana?

 

Fontes: Billboard.com e Wikipedia

 

Anúncios

Comente aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s